Steel Frame & Drywall
Portuguese Arabic Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish Turkish
CHANGE LANGUAGE
Cadastro

 

Afinal, o que é Steel Frame?

 

O Steel Frame (ou Light Steel Framing - LSF - estrutura leve de perfis de aço) é uma designação utilizada internacionalmente para descrever um sistema de construção a seco, que utiliza o aço galvanizado como principal elemento estrutural. São estruturas que não utilizam tijolo ou cimento.

É um sistema construtivo que faz parte do Sistema CES - Construção Energitérmica Sustentável. Mundialmente consolidado, amplamente utilizado em países como Japão, Argentina, Chile e no continente Europeu. Em países como Estados Unidos e Canadá, mais de 90% das casas são construídas em CES. No mercado da construção civil brasileira, o Light Steel Framing, ou LSF, foi aprovado devido às suas vantagens frente a construção convencional em alvenaria.

As espessuras variam entre 0,8 e 1,25 mm. Os perfis mais usuais são denominados “guias” (perfis U simples) e “montantes” (perfis U enrijecidos). Os perfis utilizados devem ter galvanização mínima de Z-275.  Formam um esqueleto estrutural autoportante, composto de painéis, vigas, tesouras de telhado e outros elementos, projetados para suportar as cargas da edificação. Sobre este esqueleto estrutural são fixadas placas de fechamento internas e externas, isolamentos termo acústicos e barreiras, gerando uma construção com aspecto final semelhante ao da construção convencional e qualidade superior.

 


 

Vantagens para quem constroi

 

Utilização material reciclável e baixo volume de resíduos;
Menor tempo: 1/3 do prazo da obra em alvenaria;
Retorno do investimento em menor tempo;
Construção Sustentável, Obra Limpa;
Leveza estrutural: menor peso e economia de até 75% na fundação;
Fabricação da estrutura em paralelo à fundação;
Menor custo de mão de obra: 20%;
Menor custo de materiais: 80%;
Facilidade nas instalações hidráulicas PEX e elétricas;
Versatilidade, permite executar diferentes modelos arquitetônicos;
Melhor controle do canteiro de obras;
Redução na carga tributária por se enquadrar em construção industrializada;
Certificado da qualidade ou laudos técnicos de todos produtos empregados na construção, garantias de até 25 anos;
Atendimento a norma de desempenho NBR 15575v
Organização logística e precisão construtiva;
Economia de energia na obra e sem uso de água;
Controle do fluxo financeiro e fidelidade orçamentária;
Resistência a fogo e a corrosão os materiais possuem alta durabilidade acima de 100 anos;

Vantagens para quem mora

 

Maior conforto termoacústico;
Menor custo de manutenção;
Fidelidade estética e nos acabamentos;
Melhor controle da umidade no ambiente interno;
Fácil limpeza e conservação;
Não prolifera fungos, mofo ou bolor;
Ótimo para quem tem problemas de alergias e renite;
Maior área útil devida as seções das paredes mais esbeltas;
Preservação do meio ambiente, emite 5 vezes menos CO² quando comparado com o sistema convencional;
Recebe a construção sem patologias comuns dos sistemas tradicionais;
A estrutura é imune a ação de insetos
Os perfis de aço galvanizado não contribuem para a propagação do fogo.

 


 

Diferenças entre Steel Frame e Drywall

 

Embora do Steel Frame e o DryWall sejam visualmente semelhantes, eles são diferentes conceitualmente e apresentam características bem distintas.

 

Steel Frame

O steel frame é a conformação do “esqueleto estrutural” composto por painéis em perfis leves, com espessuras nominais usualmente variando entre 0,80mm à 2,30mm e revestimento de 180g/m² para áreas não marinhas e 275g/m² para áreas marinhas, em aço galvanizado, projetados para suportar todas as cargas da edificação.

 

Drywall

Já o drywall é um sistema de vedação, não estrutural, que utiliza aço galvanizado em sua sustentação, com espessura nominal de 0,50mm, com necessidade de revestimento de Zinco menor do que o Light Steel Framing (média mundial de 120g/m²) e que necessita de uma estrutura externa ao sistema para suportar as cargas da edificação.

 


 

Passo a passo para um bom projeto

 

Fundação e Estrutura

O Steel frame pode ser feito com qualquer tipo de fundação. Possui peso próprio muito menor que a construção convencional de alvenaria. Isso reduz consideravelmente as cargas na fundação, gerando economia nesta etapa da obra, que pode chegar a 75%. A fundação mais comum é a do tipo Radier, uma laje em concreto armado leve e simples de executar, aplicável na maioria dos solos. Para terrenos com topografia mais acidentada, a fundação utiliza técnicas convencionais de engenharia, como muros de arrimo e estacas, que têm sua dimensão reduzida em função da leveza da edificação.

 


 

Paredes

Sobre os painéis aplicamos BASE PROTETORA DRYELEVIS que garante a impermeabilização e a adequada ventilação das paredes, permitindo a saída da umidade interna das paredes e protegendo-as contra a umidade externa. O Steel Frame permite a aplicação de diversos revestimentos externos como tintas e texturas elatoméricas, revestimento argamassado flexível, placa cimentícia, revestimento cerâmico e diversos outros.

 

Revestimentos Internos

O revestimento interno das construções com Steel Framing é feito com placas de gesso acartonado (drywall) parafusado sobre os perfis das paredes ou em forros estruturados e recebem tratamento nas juntas, gerando aspecto final liso e sem emendas. As placas de gesso acartonado possuem composição adequada para cada aplicação da residência: Standard (ST) para áreas secas e Resistente à Umidade (RU) para áreas úmidas, como banheiros e cozinhas.

 


 

Revestimentos Externos

O revestimento externo da estrutura em Steel Framing pode ser feito com placas cimentícias parafusadas diretamente nos perfis da estrutura, com tratamento das juntas com massa elastomérica e tela. As placas são instaladas sobre uma barreira de vapor que impede a entrada de água, mas deixa a parede respirar, evitando condensação de água em seu interior.

Outro sistema de revestimento externo para o LSF é o sistema EIFS (Exterior Insulation and Finish System), que é um agregado de elementos (OSB, barreira de vapor, EPS, tela em fibra de vidro e argamassa elastomérica), que possui alto desempenho térmico e acústico e acabamento final monolítico, liso e sem trincas.

Para paredes que receberão armários ou peças suspensas, recomenda-se o uso de reforço em paredes de Drywall. Esta aplicação tem como vantagem a liberdade do usuário aplicar armários ou peças suspensas em qualquer ponto da parede, sem a necessidade de prever o mapeamento dos reforços.

 


 

No Steel Frame a laje pode ser do tipo seca ou mista

Plataformas de pisos e mezaninos devem ser instalados sobre um vigamento metálico, projetado para suportar grandes cargas e vencer maiores vãos livres, resultando em uma estrutura leve e de alta resistência.

Laje seca: executada com a aplicação diretamente sobre o vigamento metálico, garantindo a resistência e permitindo a aplicação de diversos revestimentos como carpete, pisos vinílicos, laminados de madeira, assoalhos, tábuas corridas entre outros.

Laje mista: a diferença entre a laje seca e a laje mista é que na laje mista é colocado um contrapiso de 3 a 4 cm de argamassa sobre as chapas, reforçado com fibras de aço ou fibras de Polipropileno. Sobre as fibras é possível aplicar diversos revestimentos, tais como: carpete, pisos vinílicos, laminados de madeira, assoalhos, tábuas corridas, cerâmica, porcelanato, entre outros.

 


 

Instalações elétricas e hidráulicas

No sistema LSF, as instalações elétricas e hidráulicas são projetadas e executadas seguindo os mesmos princípios e materiais utilizados na construção convencional. A grande vantagem oferecida pelo sistema é a facilidade de execução dessas instalações, pois, devido ao vazio interno de paredes e forros e a presença de furos nos montantes, é possível uma execução rápida e sem quebra-quebra. A vantagem é que no Sistema Steel Frame as paredes funcionam como shafts visíveis, facilitando a execução e manutenção das instalações.

 

Isolamentos

Uma das várias vantagens propiciadas pela construção em Light Steel Framing é o seu desempenho térmico e acústico, que propicia conforto e qualidade no ambiente. Um dos fatores responsáveis por este desempenho superior são as mantas de lã de vidro ou de poliéster instaladas no interior das paredes e no forro de toda a edificação. Estas mantas são fabricadas em material poroso, dotado de grande capacidade de absorção, que reduz grandemente a transição de som e calor entre ambientes.

O Steel Frame apresenta um ótimo conforto térmico e acústico. Além disso, permite a utilização de diversos tipos de isolamento que podem ser instalados nas paredes internas e externas, forro e telhados de acordo com a necessidade do projeto.

 


 

Esquadrias

As instalações de portas e janelas no Steel Frame podem ser executadas de maneira similar ao Sistema Convencional, com espuma de poliuretano ou com parafusos.

 

Coberturas e Telhados

As placas em conjunto com os perfis asseguram a resistência à ação de ventos e melhoram o conforto térmico e acústico das edificações. Em projetos nos quais é necessário um melhor desempenho térmico, deve-se utilizar painel OSB revestido com foil de alumínio, que reflete até 97% da radiação solar.

 

Construção Acabada

As obras executadas utilizando o sistema Light Steel Framing resultam em edificações com aspecto similar aos sistemas tradicionais, porém com acabamento final superior, maior conforto térmico e acústico, canteiro de obras limpo e prazo de execução reduzido. O sistema integra tecnologia, resistência, sustentabilidade, durabilidade e agilidade, sendo por isso uma excelente opção para execução de residências que vem cada vez mais conquistando o mercado brasileiro.